fbpx
O que é

Artrodese Cervical

artrodese cervical - Clínica Atualli Especialista Cirurgia Endoscópica de ColunaÉ uma técnica de tratamento das doenças da coluna cervical que consiste na fusão das vértebras cervicais utilizando implantes. Pode ser feita por via anterior (pela frente) e por via posterior (por trás). Normalmente, é feita em associação a um procedimento de descompressão da medula e dos nervos para tratamento das diversas doenças da coluna cervical.

Na Artrodese cervical anterior, realiza-se a retirada do disco intervertebral no nível da doença – seja ela hérnia de disco ou outra forma de compressão dos nervos e da medula. Após a retirada do disco e a descompressão, é colocado um implante entre as vértebras, para manter o alinhamento anatômico e da coluna e corrigir eventuais deformidades. Esse implante é rígido e se chama DISPOSITIVO INTERSOMÁTICO ou, mais popular, CAGE de disco. Após a colocação do CAGE, classicamente se fazia a fixação com placas e parafusos. Atualmente, existem alguns tipos de cage que permitem a sua fixação direta nos corpos vertebrais, não sendo necessário a utilização de placas e parafusos.

artrodese cervical – Clínica Atualli Especialista Cirurgia Endoscópica de Coluna
Na Artrodese Cervical Posterior, a abordagem é feita pela parte posterior da coluna cervical. A descompressão é realizada pela retirada do arco vertebral posterior das vértebras, descomprimindo a medula e as raízes nervosas. A fixação ocorre por pequenos parafusos nas estruturas ósseas das vértebras cervicais, as massas laterais ou, em alguns casos, os pedículos.

A técnica selecionada deve ser individualizada para cada caso, uma vez que existem situações nas quais uma abordagem apresenta vantagens em relação a outra.

Independente da abordagem, a artrodese cervical é realizada no centro cirúrgico, sob anestesia geral. Como é uma técnica muito versátil, podendo ser utilizada em um ou em múltiplos níveis, o tempo de internação pode variar, assim como a necessidade de estadia UTI, reservada para os casos mais graves ou para os pacientes com outras condições de saúde (Hipertensão, arritimia, etc).

O paciente é estimulado a se movimentar e andar desde o primeiro dia de pós-operatório, com a ajuda da fisioterapia. Em casa, são necessários cuidados simples de higiene e curativo da ferida operatória conforme orientado pelo cirurgião, e os pontos são retirados em consulta de retorno. Após a retirada dos pontos, geralmente inicia-se a fisioterapia para reabilitação.

Devido ao fato da artrodese cervical promover a fusão entre as vértebras, pode ocorrer uma diminuição da flexibilidade da coluna cervical. Isso varia conforme o número de vértebras envolvidas na cirurgia, podendo ser imperceptível nos casos mais simples.