fbpx
  • 135
  • 0

Os problemas na coluna afetam principalmente profissionais que trabalham em home office.

Os problemas na coluna são comuns em grande parte da população mundial.

Geralmente surgem devido a fatores como má postura, permanecer sentado na mesma posição por muitas horas, questões genéticas, estresse, ansiedade, dentre muitos outros.

Uma causa recorrente entre os profissionais que reclamam de dores nas costas é o excesso de trabalho.

Por exemplo, quando falamos em home office, onde na maioria das vezes, as pessoas não dispõem de mesa de escritório e cadeira confortável, ficando sentados por muitas horas com postura inadequada.

Ou seja, os profissionais acabam trabalhando com uma postura inadequada por muito mais tempo em home office do que na empresa.

Por outro lado, no ambiente corporativo, existe uma estrutura ergonomicamente adequada para evitar esse tipo de problema, portanto a incidência de casos tende a ser menor.

Atualmente, alguns profissionais já retornaram para a modalidade de trabalho presencial, e os que continuam em home office, fizeram adaptações, buscando melhores soluções ergonômicas para trabalhar em casa.

Em outras palavras, “A questão tensional, ansiedade e fatores psicológicos, estão diretamente relacionados a problemas de dor e a coluna não fica fora disso…”

Em entrevista ao programa Manhã Brasil da Rádio Brasil Campinas, o Dr. João Paulo Bergamaschi, Médico Ortopedista Especialista em Cirurgia da Coluna, falou um pouco mais sobre a relação das dores nas costas e o excesso de trabalho.

Quer conferir tudo o que o Dr. João falou sobre o assunto? Então clique no link abaixo para ouvir a entrevista na íntegra.

https://brasilcampinas.com.br/a-questao-tensional-ansiedade-e-fatores-psicologicos-estao-diretamente-relacionados-a-problemas-de-dor-e-a-coluna-nao-fica-fora-disso-diz-ortopedista.html

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Abrir Whatsapp
Agende sua consulta
Olá,
A equipe Atualli está à sua disposição para ajudar.

Qual sua dúvida?